APLICAÇÃO DE PRODUTOS FITOFARMACÊUTICOS

ÁREA DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO: Produção agrícola e animal

 

INTRODUÇÃO

Segundo a lei 26/2013 de 11 de abril a partir de 26 de novembro de 2015, os produtos fitofarmacêuticos apenas podem ser aplicados por aplicadores possuidores do cartão de identificação emitido pela DRAPN.
Aqueles que pretendem obter o cartão de aplicador de produtos fitofarmacêuticos devem frequentar uma ação do curso de Aplicação de produtos fitofarmacêuticos ou Aplicação de produtos fitofarmacêuticos com equipamentos de pulverização manual.

 

OBJETIVO GERAL

Manipular e aplicar, de forma segura, produtos fitofarmacêuticos, minimizando os riscos para o aplicador, o ambiente, espécies e organismos não visados e o consumidor, de acordo com os princípios da proteção integrada


OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Identificar os principais meios e métodos de proteção das plantas;
  • Interpretar as componentes de um rótulo de uma embalagem de produtos fitofarmacêuticos
  • Efetuar o cálculo de doses, concentrações e volumes de calda;
  • Aplicar produtos fitofarmacêuticos de forma segura e segundo os princípios da proteção integrada;
  • Identificar os procedimentos a efetuar para minimizar o risco na utilização do produto fitofarmacêuticos para o aplicador, para o ambiente, para as espécies e organismos não visados e para o consumidor;
  • Regular, calibrar e proceder à manutenção das máquinas de aplicação de produtos fitofarmacêuticos;
  • Enumerar os procedimentos para armazenar e transportar em segurança pequenas quantidades de produtos fitofarmacêuticos.


DESTINATÁRIOS

Pessoas que aplicam ou pretendam vir a aplicar produtos fitofarmacêuticos, nomeadamente agricultores, jardineiros, etc, com idade igual ou superior a 16 anos e com a escolaridade mínima obrigatória, conforme a idade. Podem ser aceites formandos que não disponham da escolaridade mínima, desde que comprovem saber ler, escrever e interpretar um texto.

 

CONTEÚDOS

BLOCO I – Princípios gerais de proteção das culturas
I.1 Meios de protecção das culturas – controlo de doenças, pragas e infestantes
I.2 Proteção integrada
I.3 Produção integrada
I.4 Agricultura biológica
BLOCO II – Segurança na utilização de produtos fitofarmacêuticos, sistemas regulamentares e redução do risco
II.1 Produtos fitofarmacêuticos
II.2 Sistemas regulamentares dos PF
II.3. Segurança na utilização dos produtos fitofarmacêuticos
II.4 Redução do risco no manuseamento e aplicação de produtos fitofarmacêuticos
II.5 Redução do risco para o ambiente, espécies e organismos não visados
II.6 Redução do risco para o consumidor
BLOCO III – material de aplicação
III.1. Material e técnicas de aplicação
BLOCO IV – Armazenamento, transporte e acidentes com produtos fitofarmacêuticos
IV.1 Armazenamento e transporte de pequenas quantidades de produtos fitofarmacêuticos
IV.2 Acidentes com produtos fitofarmacêuticos

 

AVALIAÇÃO

Nos diferentes módulos será efetuada a avaliação formativa através de testes ou trabalhos individuais ou em grupo. A avaliação de conhecimentos é composta por duas provas de natureza sumativa, uma teórica e outra prática. A prova teórica consiste num teste escrito, realizado no final da ação. A prova prática  consiste numa simulação de desempenho, na qual os formandos devem, em função de uma cultura, um inimigo, um produto fitofarmacêutico e de máquinas de aplicação, ser avaliados quanto ao desempenho das seguintes operações:
1 – Selecionar o material de aplicação adequado;
2 – Calcular as doses, concentrações e volumes de calda a aplicar;
3 – Calibrar, regular e operar corretamente o trator e a máquina de aplicação ou o equipamento manual;
4 – Aplicar o produto fitofarmacêutico de forma segura, minimizando os riscos para o aplicador, o ambiente, as espécies e organismos não visados e o consumidor.

Serão considerados aprovados, os formandos que tenham tido assiduidade ao curso e que obtenham uma pontuação final, resultante da média das pontuações obtidas na avaliação das provas sumativas realizadas (teórica e prática), igual ou superior a 10 valores.

DURAÇÃO TOTAL (H): 35h
CERTIFICAÇÃO: No final da formação os formandos que obtiverem aproveitamento receberão um certificado de formação profissional emitido pela plataforma SIGO

DATAS DE REALIZAÇÃO e LOCAIS

Amarante, Lixa, Felgueiras, Celorico de Bastos, Marco de Canaveses, Baião, Lousada, Penafiel, Guimarães, Braga, Vizela e Montalegre
HORÁRIO: pós laboral das 19:30 às 22:30 e 2 sábados
HOMOLOGAÇÃO DO CURSO: curso homologado pela DRAPN.
PREÇO: 150 €(isento de IVA)

 

Consulte a DGADR para MAIS INFORMAÇÕES

Formulário de Inscrição

Campos marcados com * são obrigatórios
Share